Fidelize clientes com o pós-vendas

Fidelize clientes com o pós-vendas

A importância do pós-vendas para fidelização do cliente

Autor  Elix Agência

Publicado por Elix Agência
em

A lealdade do seu cliente atual representará um custo 5 vezes menor do que conquistar um novo. Este é um dos motivos pelo qual o pós-vendas é considerado tão importante, afinal, ao fidelizar o cliente você garante uma nova venda e também possibilita que sua marca seja propagada positivamente através do boca-a-boca. Mas e quando aparecem problemas? Como você faz para "descascar esse abacaxi" e fazer dele um delicioso suco?

A ideia principal do pós-vendas é que o cliente entenda que a venda foi só o começo do relacionamento e que a sua experiência é relevante. Ou seja, para que essa relação funcione é preciso que o feedback (retorno do cliente quanto a compra) seja sincero. E acima de tudo, que caso tenha ocorrido algum problema você o resolva rapidamente e não repasse a culpa.

Fidelize clientes com o pós-vendas

 

A importância do pós-vendas para a fidelização do cliente vai além de uma ligação ou e-mail, tem haver com: manter contato constante, atualizá-lo dos lançamentos e melhorias, ouvi-lo sempre que necessário, estar aberto a críticas e dar uma resposta personalizada para cada cliente.

Empresas vem crescendo e estão inovando no Pós-Vendas, um exemplo muito legal é o caso da Nubank. Eles lutam pelo fim da complexidade e pelo atendimento descontraído, ou seja, resolvem os mesmos problemas que as instituições financeiras comuns só que com um atendimento humanizado e sem roteiros.

Fidelize clientes com o pós-vendas

Nubank – Divulgação

 

Agora que você já conhece a importância do pós-vendas para a fidelização do cliente, como irá implementá-la em seu negócio? Listamos abaixo 3 dicas fáceis para ajudá-lo.

  1. Mantenha um histórico do seu cliente. Se errou, conserte rápido e desculpe-se. Ao manter um histórico você garantirá que este erro não ocorra novamente.
  2. Comunique-se com sua base mais vezes no decorrer e após o ciclo de compra. Nem sempre você precisa instigar a compra de algum produto, pode ser um e-mail com alguma notícia sobre o segmento dele que você tenha visto e achou relevante.
  3. Escute o cliente antes de tentar encontrar a solução. Às vezes nos antecipamos e comprometemos a eficiência do atendimento.

 

Qualquer dúvida deixe nos comentários abaixo. :)

Precisa de ajuda? Fale conosco